O PROVEDOR QUE GENTILMENTE NOS FORNECE ESTE ESPAÇO, PODE INSERIR PROPAGANDAS NESTE SITE QUE PODEM NÃO REPRESENTAR O ENTENDIMENTO DA DIREÇÃO DESTE SITE. 

MENSAGEM  ATUAL

 

 

IR PARA A PÁGINA INICIAL

IR PARA A PÁGINA MATÉRIAS INTERESSANTES

 

 

Resultado de imagem para SIMBOLOS DOS EUA

 

Clic aqui  ou na imagem acima para acessar o vídeo

                                      


Os Símbolos Ocultistas no Selo Nacional dos EUA

 

Na realidade  os Illuminati criaram os EUA como uma Nova Atlântida, uma nação ocultista que levaria o restante do mundo rumo à Nova Ordem Mundial. Os EUA foram planejados para trabalhar secretamente por trás das cenas por cerca de dois séculos para silenciosa e ocultamente conduzir a história de tal forma que o mundo gradualmente se aglutinasse em um governo, uma economia e uma religião mundiais. O força motriz por trás desse plano global é a Maçonaria Iluminista.

A história ocultista secreta registra que os maçons viam a águia americana como a fênix egípcia, aquela criação ocultista mítica que vive por quinhentos anos e depois provoca deliberadamente sua própria morte. [The Secret Architecture of Our Nation's Capital: The Masons and the Building of Washington, DC (A Arquitetura Secreta de nossa Capital Nacional: Os Maçons e a Construção de Washington), de David Ovason, prefaciado por C. Fred Kleinknecht, Grau 33, Soberano Grande Comandante, Supremo Conselho, Trigésimo Terceiro (Conselho-Pai Mundial), Jurisdição Sulista, EUA, Washington, pg 219].

Quando a fênix morre, seu corpo arde em chamas e é totalmente consumido; no entanto, a partir das cinzas da antiga fênix morta, surge uma nova fênix. A único motivo pelo qual os maçons transformaram a fênix original na águia americana é por que estavam convencidos que o público americano não aceitaria o símbolo obviamente satânico que a fênix representa.



 
http://mensagematual.tripod.com/



Simbolicamente, os pais fundadores maçons pretendiam comunicar que parte do plano da Nova Ordem Mundial estipulava que no momento certo da história, os EUA,  fielmente conduziriam o restante do mundo  ao novo sistema global. 

O autor Ovason, citado anteriormente, revela que a seleção da águia foi, de fato, uma "dissimulação ocultista", definida pelos maçons, rosa-cruzes e alquimistas como um símbolo "desenhado para carregar um simbolismo aberto aceitável para os não-iniciados, mas ao mesmo tempo esconder um significado mais profundo acessível apenas àqueles familiarizados com o simbolismo arcano". [Ibidem, pg. 218].

As estrelas acima da cabeça da águia na nota de um dólar formam um hexagrama satânico.  O hexagrama é o mais vil símbolo satânico imaginável, e é a palavra-raiz para "hex", indicando a maldição que uma bruxa ou feiticeiro lança sobre algo ou alguém após realizar o ritual correto.

Os Illuminati escolheram o hexagrama no início de sua existência como um dos seus principais símbolos. Conforme a Dra. Cathy Burns ilustra em seu livro Masonic and Occult Symbols Illustrated [Símbolos Ocultistas e Maçônicos Ilustrados], muitas organizações utilizam o hexagrama em seus logotipos; sempre que você ver isso, pode saber com certeza que a empresa é Iluminista. Também notamos que a nação de Israel possui a estrela de seis pontas como símbolo nacional porque os Illuminati estiveram por trás do seu retorno à sua terra e a liderança israelense tem sido Iluminista desde 1948.

O Olho Que Tudo Vê acima da pirâmide incompleta no lado esquerdo da nota de um dólar é o símbolo ocultista de Hórus, que é Lúcifer. Lúcifer - Satanás - é a força diretriz por trás de todo esse esforço para criar a Nova Ordem Mundial. A versão do artista do Olho Que Tudo Vê ocultista é singular, pois ele a desenhou como o olho de um réptil; o reino de Satanás é reptiliano e o tipo mais poderoso possível de possessão demoníaca é a reptiliana. Apenas observe os estilos com que os jovens se vestem hoje em dia, nas suas tatuagens e nas revistas que lêem, e você ficará chocado com o número de vezes que encontrará representações reptilianas.

 

O Círculo e a Serpente

A formação das treze estrelas acima da águia na nota de um dólar está cercada por um círculo estufado. "O círculo é a mais importante de todas as unidades do simbolismo mágico, e em quase todos os casos em que é usado, serve para indicar o espírito ou a força espiritual". [Magic Symbols (Símbolos Mágicos), de Frederick Goodman, pg 16; esse livro é luciferiano].

Portanto, ao cercar as trezes estrelas que representam os EUA originais com um círculo, os pais fundadores ocultistas estavam indicando que a força por trás da jovem nação era principalmente espiritual. É claro, essa compreensão é coerente com nossa pesquisa que prova que a Maçonaria Iluminista é a força espiritual por trás da fundação dos EUA.

No entanto, o círculo original da nota de um dólar não é apenas um círculo, mas um círculo nebuloso e estufado. As nuvens estufadas indicam uma utopia, e essa ilustração serve muito bem à Nova Ordem Mundial.

 

Ouroboros Dentro do Círculo Estufado

Os satanistas também acreditam que a "serpente... [seja] o símbolo da sabedoria dos verdadeiros filósofos." [Ibidem] Além disso, quando a serpente é desenhada na forma de um círculo, devorando sua própria cauda [chamada de Ouroboros], tal simbolismo indica "O Tempo, do qual apenas a sabedoria brota". [Ibidem, pg 24]. Portanto,  os EUA foram originalmente estabelecidos por meio da "Sabedoria" suprema e do poder das forças espirituais da serpente. Esse simbolismo é realmente Iluminista, pois é o simbolismo sobre o qual o país foi originalmente fundado, e sobre o qual foi governado por mais de 200 anos. 

O Ouroboros também retrata o tempo interminável, ou seja, a eternidade. Esse símbolo do Ouroboros cercando o hexagrama do jovem país, os EUA, serve para transmitir a crença ocultista que, uma vez que a Nova Atlântida tenha guiado os povos do mundo rumo à Nova Ordem Mundial, toda a humanidade viverá unida por toda a eternidade, governada por um sistema religioso utópico baseado na Sabedoria da Serpente(crença falsa).

 

E Pluribus Unum

Essa expressão latina pode ser traduzida de duas formas diferentes, ambas significativas para o plano de produzir um Governo Mundial. Primeiro, significa "A partir de muitos, um". Na escola, as crianças aprendem que os pais fundadores dos EUA quiseram dizer que a partir de muitos estados autônomos, uma nação unida surgiria. Entretanto, nosso estudo do plano ocultista demonstra que o verdadeiro significado é "A partir de muitas nações, uma".

Em segundo lugar, essa frase pode significar "A partir de muitas culturas, muitos povos, um". Outra forma atual de dizer isso é "Unidade na Diversidade". Esse significado é bastante popular nos círculos da Nova Era e nas Nações Unidas atualmente, mas o fato é que essa meta é a que foi originalmente estabelecida em 1776.

 

O Iluminismo Criou o Comunismo Como a Antítese Dialética

O mesmo Iluminismo que criou os EUA como a Nova Atlântida em 1776, também criou o comunismo entre 1846-48! Depois que você compreender este fato, entenderá inúmeras questões históricas que nunca fizeram sentido anteriormente. Por exemplo, entenderá:

 

Por que a ação americana de "combater o avanço comunista" na verdade fortaleceu o comunismo;

Por que enormes somas de dinheiro americano e europeu fluíram todas as décadas para a URSS para manter sua economia estável, muito embora a doutrina e a retórica comunistas declaravam inflexivelmente que sua meta era destruir todo o sistema capitalista;

Por que o presidente Franklin Roosevelt cedeu a Europa Oriental aos soviéticos quando não existiam razões práticas para isso;

Por que a superpotência EUA, liderada pelo presidente republicano Eisenhower, permitiu que Fidel Castro chegasse ao poder e se mantivesse nele, quando todos sabiam desde o início que Castro era comunista. Mais tarde, o presidente democrata Kennedy deliberadamente interrompeu a invasão da Baía dos Porcos, garantindo assim que Fidel Castro continuasse como ditador indefinidamente. Agora você aprenderá a verdade que os EUA queriam o comunismo em Cuba para prosseguir com o processo de conflito dialético.

Os mesmos Mestres dos Illuminati criaram tanto os EUA como o comunismo. Os EUA são o sistema Tese do processo dialético, enquanto o comunismo é o sistema Antítese. O conflito resultante - conhecido no século 20 como Guerra Fria - foi projetado para produzir o novo sistema Síntese, a Nova Ordem Mundial.

  Quando  compreendemos a verdade, a maioria dos eventos atuais repentinamente faz sentido.

 

Por David Bay - Tradução: Eduardo Perez Neto

 

 

IR PARA O INICIO DESTA PÁGINA

 

IR PARA A PÁGINA MATÉRIAS INTERESSANTES

 

      IR PARA A PÁGINA INICIAL